De Lisboa a Vila Franca

De Lisboa a Vila Franca: a ponte e os passadiços que estão a nascer à beira do Tejo

Publicado em lisboaparapessoas.pt,
26 de Agosto, 2022
Uma nova ponte ciclo pedonal, que está em construção no Parque das Nações, vai permitir-nos finalmente atravessar o rio Trancão e chegar ao concelho de Loures.
LinkedIn
Twitter
Facebook
WhatsApp
Telegram

Uma nova ponte ciclo pedonal, que está em construção no Parque das Nações, vai permitir-nos finalmente atravessar o rio Trancão e chegar ao concelho de Loures. Aqui, um novo percurso ribeirinho, composto por passadiços em madeira, irá conduzir-nos até terras de Vila Franca de Xira, onde, por sua vez, já existe um parque de trilhos na margem do Tejo.

A Jornada Mundial da Juventude, que se realizará no próximo Verão à beira do Tejo, está a servir de catalisador para que algumas obras saiam do papel. É o caso do novo Percurso Ribeirinho de Loures, que irá aproximar a população do extraordinário ecossistema do Tejo e, ao mesmo tempo, oferecer a possibilidade de caminhar ou de pedalar entre Lisboa e Vila Franca de Xira. A construção deste Percurso arrancou no passado mês de Julho.

O Percurso Ribeirinho de Loures vai desenvolver-se ao longo de 6,1 km, entre a margem esquerda do rio Trancão e o limite sul do concelho de Vila Franca de Xira. Para permitir a ligação a Lisboa, está a ser construída uma ponte ciclo pedonal sobre o rio Trancão, que irá assegurar a passagem desde o Parque das Nações.

Com esta ponte, Lisboa e Loures vão ficar finalmente ligadas para os modos suaves, permitindo que o percurso marginal ao longo do rio Tejo, que actualmente se desenvolve de Algés ao Parque das Nações, seja alargado até ao concelho de Loures e que, futuramente, num itinerário mais vasto, se estabeleça a ligação entre Cascais e Vila Franca de Xira, com uma extensão total de cerca de 60 km.

O projecto do Percurso Ribeirinho de Loures procurou aliar à questão da mobilidade, a oportunidade extraordinária de criar um percurso que, além de espaço de recreio e lazer, constitui-se uma plataforma com valências nos domínios da investigação, da interpretação da natureza, sensibilizando o público a importante função que os ecossistemas estuarinos possuem na salvaguarda da biodiversidade e na gestão equilibrada dos oceanos.

Fonte: lisboaparapessoas.pt
Consulte aqui a notícia completa

LinkedIn
Twitter
Facebook
WhatsApp
Telegram

Outras Notícias

Outras Notícias

T3B-D4
T3A-A3

Agende a sua visita
e fique a conhecer
o projeto Vila Rio.

T2A-B2
T2A-B4
T2C-B3
T2C-B4
T2A-D3
T3A-A1
T3A-A2
T3A-B0
Anterior
Next
T3A-C3
T3A-C4
T3B-A0
T3B-A1
T3B-A2
T3B-A3
T3B-B1
T3B-B2
Anterior
Next

Agende a sua visita e fique a conhecer o projeto.

Fale connosco, estamos on-line.