Póvoa de Santa Iria

Pedalar à beira de um Tejo sereno

Publicado em evasoes.pt,
5 de September, 2020
Póvoa: a ciclovia que permite pedalar à beira de um Tejo sereno
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

A Ciclovia do Tejo chegou há dois verões e veio trazer passeios cicláveis e pedonais pelo Estuário do Tejo, sem barulhos e pressas, na Póvoa de Santa Iria. Pelo caminho, avista-se o Parque das Nações.

Ao longo de dois quilómetros, aqui pedala-se pela Reserva Natural do Estuário do Tejo, com o sossego que nem sempre se consegue receber junto ao rio, no centro de Lisboa. A Ciclovia do Tejo, junto ao Parque Ribeirinho Moinhos da Póvoa e inaugurada há dois verões, veio tornar possível dar aos pedais entre vegetação rasa e árvores variadas, como pinheiros, palmeiras e oliveiras, longe do barulho e do trânsito.

As gaivotas que pairam nos cais flutuantes, ao longo do trilho, fazem companhia à viagem, ao longo da qual se avistam ora a Ponte Vasco da Gama, ora a torre homónima e grande parte da zona ribeirinha do Parque das Nações. Há quem venha aqui pedalar, mas também caminhar, passear o cão, observar aves, fotografar as velhas e pequenas embarcações que por ali ainda estão atracadas ou apenas beber um refresco na esplanada que se encontra junto ao parque. Qualquer que seja a rotina, é feita sem pressas.

É a morada a decorar para quem prefira uma pausa no exercício com um pouco de arte. O legado da região serve de inspiração central para as exposições deste museu municipal, quer seja com o retrato da extração do sal, os transportes fluviais, a pesca ou a industrialização da frente ribeirinha ao longo dos anos.

Fonte: Evasões
https://www.evasoes.pt/o-que-fazer/povoa-a-ciclovia-que-permite-pedalar-a-beira-de-um-tejo-sereno/998597/

Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Outras Notícias

Outras Notícias

Scroll Up